#criandomeufuturo · Para ler...

Um texto sobre liberdade

O que é liberdade pra você? Você se sente livre? Se não, o que te mantém preso?

Essas são questões que eu sempre me faço pra saber se estou no caminho certo. Respondendo a primeira pergunta, acredito que liberdade é ter o poder de escolher. Ou seja, poder morar aonde eu quero, comer o que eu quero, vestir o que eu quero, acordar quando eu quero… Pra mim, a equação que define o que é liberdade é: liberdade = tempo + dinheiro.

Hoje em dia, eu ainda não me sinto livre. Sei que tenho uma longa caminhada até a minha independência. Mas diferente de algum tempo atrás, hoje, eu tenho perspectiva. Hoje, eu fiquei mais consciente de quem eu sou e do que eu quero fazer.

Quando eu criei a hashtag “criandomeufuturo” eu estava numa posição bem diferente da que eu estou hoje. Estava ganhando dinheiro (e guardando – o que é o mais importante), trabalhando numa multinacional, estudando numa federal, tinha acabado de fechar um intercâmbio, estava fazendo curso de inglês… Eu sabia que aquilo não era o que eu queria fazer, mas era o que eu tinha que fazer. Naquele momento, eu estava em processo de recuperação de uma fase bem ruim e depressiva da minha vida. E aquilo tinha me dado um novo fôlego e motivos pra continuar. Até que eu fui demitida.

No momento que isso aconteceu eu perdi o chão, tive que cancelar o intercâmbio, o curso de inglês e até o Spotify. Eu não esperava por aquilo, porque tinha um contrato de um ano com a empresa. Eu tentei me manter firme no que ainda restava, mas um período pior e mais depressivo veio. Eu até arrumei um estágio numa agência de viagens, mas também não durou muito, eu só confirmei o que eu já sabia: que eu estava no caminho errado.

Então, eu decidi fazer o que era preciso fazer para conquistar a liberdade que eu quero, e o fato de ter decidido isso é que tá me dando forças pra não me entregar de novo.

Não vou dizer que é fácil, porque NÃO É! Eu preciso acordar todos os dias me lembrando que eu preciso fazer algo que vai ajudar a criar o futuro que eu quero, e na maioria dos dias, eu não quero fazer nada disso. Tem dias que eu só quero deitar no sofá e assistir Grey’s Anatomy o dia todo (e tem dias que eu faço isso mesmo). Mas treinei meu cérebro pra lembrar que, se eu ficar na minha zona de conforto, eu vou continuar presa e dependente. Então quando esse sentimento vem, eu vou me motivando até conseguir fazer o que eu preciso.

O que eu quero dizer com tudo isso, pra mim e pra vocês, é que, se você não desistir, você vai conseguir chegar num lugar melhor, você vai conseguir realizar seu sonho, e vai conseguir se tornar livre. Eu sei disso, e sei que você também sabe. Quando você tem poder de escolha, quando você se torna livre, sua vida muda, e isso não tem preço…

 

Desenvolvimento Pessoal · Para ler...

Padrão detectado

*Alerta de texto não motivacional, ou de que eu finjo que minha vida está nos trilhos*

Desde que eu era pequena eu tenho sonhos de realizar coisas grandes, de poder mudar completamente a minha realidade, mas eu nunca consegui.

Sempre que eu olho pro passado, eu vejo uma Melissa que tenta fazer várias coisas e nunca consegue ter sucesso em nada. Hoje em dia, descobri um padrão (pausa para dar a devida importância ao processo de autoconhecimento): eu adoro começar novos projetos, amo ideias novas e sempre acho que aquele projeto novo vai ser o que vai mudar minha vida; mas eu nunca termino nenhum, nunca avanço. Por que? Porque eu desisto. Simples assim.

Desistir tem sido um hábito pra mim, desde sempre. Então sempre que começa a ficar difícil, que eu tenho que agir, fazer algo que eu não gosto ou me dá medo, ou não está me dando resultados positivos imediatos, eu travo e desisto. E esse é o padrão de funcionamento do meu cérebro.

Eu não pretendo desanimar ninguém, mas grande parte da população é exatamente como eu. Ou eles nem começam a mudança, ou começam e desistem. Esse é o jeito que seus cérebros foram programados pra funcionar. E desse jeito parece que nada dá certo nunca.

O interessante é que eu consegui identificar isso, consegui descobrir o que me trava, e isso pode me ajudar a desconstruir esse padrão de funcionamento. É uma tarefa fácil? Hell no. Mas saber já é um começo. E com esse começo, aí sim, eu vou conseguir colocar minha vida nos trilhos. Hoje eu tinha duas opções: assistir Netflix a tarde toda, ou fazer um post. E eu gostei da escolha que eu fiz. Então, se você puder escolher entre desistir e permanecer, permaneça. Pode ser que você só não tenha tentado o suficiente…

#criandomeufuturo · Desenvolvimento Pessoal · Empreendedorismo · Finanças

4 livros de negócios que você precisa ler!

Você se sente perdida no mundo, não sabe o porquê de nunca conseguir realizar seus sonhos por falta de recursos e, pra falar bem a verdade, não sabe porque ainda tá pobre (rs)? Então esses livros vão te ajudar muito. Sério. Eles vem mudando minha visão de mundo aos poucos e me ensinando como ter uma vida boa :)

1. Pai Rico Pai Pobre
Eu vejo esse livro como uma revolução no jeito que eu via minhas finanças e quais escolhas eu tinha que fazer para começar a criar riqueza. Por que escola + faculdade + emprego + aposentadoria é uma furada? Por que fazer o dinheiro trabalhar pra você é melhor do que trabalhar por dinheiro? Cê você não sabe, vai descobrir tudo isso lendo esse livro. Não perde a chance ;)

2. O negócio do Século XXI
Outro livro ainda mais impressionante e faz muito sentido pra mim, agora, é esse. Ele fala sobre a evolução do empreendedorismo, que significa ter uma grande organização com pouco investimento e uma estrutura de desenvolvimento pessoal muito forte. Resumindo, esse livro quebra paradigmas.

3. Os Segredos da Mente Milionária
É com esse livro que você vai, REALMENTE, entender como as pessoas ricas pensam. Você vai descobrir como criar o mindset necessário para enriquecer, o porquê de você não estar rico ainda e ainda propõe alguns exercícios para você começar a mudar sua vida financeira (como, por exemplo, guardar 20% da sua renda mensal para investimentos).

4. Geração de Valor
Não siga a boiada. Não arranje um emprego. Faça o que tem que ser feito e chegue aonde você quer. E, sem dúvidas, leia esse livro.

 

 

Shuffle

Receita de um bolo gostoso para sua sexta!

Esse bolo tem gosto de infância pra mim! Lembro das vezes que minha tia Vivi fazia pra gente, quando eu tava na casa dela!Então resolvi compartilhar a receita com vocês, caso vocês estejam planejando uma sexta-feira caseira pra hoje ;)

Mãos à massa!

 

Atualizando o post: fiz o bolo e ficou uma delícia! Aqui embaixo tem uma foto dele no forno e outra dele prontinho :)

Receita do Tudo Gostoso ;)

Minha opinião

Os últimos 5 filmes que eu vi

Oi, tudo bom contigo?

Hoje, vim te contar quais foram os últimos 5 filmes que eu assisti, nos últimos dias, e o que eu achei deles, ok? Então, bora lá!

Transformers: O Último Cavaleiro ★★★☆☆ 

“O gigante Optimus Prime embarcou em uma das missões mais difíceis de sua vida: encontrar, no espaço sideral, os Quintessons, seres que possivelmente são os responsáveis pela criação da raça Transformers. O problema é que, enquanto isso, seus amigos estão precisando de muita ajuda na Terra, já que uma nova ameaça alienígena resolveu destruir toda a humanidade.”

Esse, eu assisti no cinema (e ainda tá em cartaz!). Bom, como eu não assisti nenhum outro filme da franquia, não tenho muito o que achar melhor ou pior que os outros. Mas só sobre ele, eu achei legal. Não foi o melhor filme que eu assisti, mas também não foi um lixo. Só legal. Fiquei meio perdida na parte que os alienígenas são robôs, tipo, “What?” “Quem fez os robôs?” “Eles nascem robôs?”. Hahaha. Mas acho que valeu a pena só pra conhecer :)

 

Sex Tape: Perdido na Nuvem ★★★★☆

“Após dez anos de casados, o romance intenso de um casal começa a esfriar. Para apimentar a relação, eles decidem se gravar fazendo sexo. Parece uma grande ideia, até que eles descobrem que seus momentos mais íntimos tornaram-se públicos na Internet. Em pânico, o casal corre contra o tempo atrás da constrangedora gravação.”

Eu lembro quando ele foi lançado, mas nunca tinha assistido antes. Só lembro do trailer, deles falando alguma coisa da nuvem (logo quando a gente não entendia muita coisa dessa tecnologia). Mas, olha, foi engraçado! Ah, e tem uma parte estranha pra quem assiste (lê-se ama) HIMYM: Marshall não está casado com a Lily, e sim com a Cameron Diaz! Hahaha. Vale a pena assistir!

 

Miss Simpatia ★★☆☆☆

“Uma masculinizada agente do FBI se disfarça para participar de um concurso de Miss Estados Unidos, a fim de capturar um terrorista.”

Esse eu fui assistir, só porque é um clássico e eu NUNCA tinha visto. Pasmem. Mas não gostei muito não. Tipo, é legal, mas é mais do mesmo, sabe? É uma mistura de Branquelas com O Diário da Princesa e Little Miss Sunshine. Rs. Mas se você estiver procurando um filme que não é de amorzinho, nem muito intelectual, é uma boa pedida pra sair do tédio ;)

 

A Proposta ★★★★☆

“Margaret é uma poderosa editora de livros que corre o risco de ser deportada para o Canadá. Para poder permanecer em Nova York, ela diz estar noiva de Andrew, seu assistente. O jovem aceita ajudá-la, mas impõe algumas condições, entre elas ir para o Alasca e conhecer sua família excêntrica. Com um oficial da imigração sempre à espreita, Margaret e Andrew têm que seguir o plano de casamento apesar de diversos problemas.”

Outro com a Sandra Bullock, e esse sim é muito bom. Embora tenha um pouco de Miranda Pristley na Margaret, tá tudo bem e o filme ficou bom. Filme gostoso de assistir :)

 

A Verdade Nua e Crua ★★★★★

“Abby Richter é uma competente e conservadora produtora de um programa de televisão. Com a audiência caindo, seu chefe tem a ideia de contratar o concorrente Mike Chadway. Assim, a controladora e eterna romântica Abby se vê obrigada a aceitar como colaborador um cara machista, grosseiro e especialista em revelar o que realmente atrai os homens. Com as relações amorosas em baixa, ela recorre aos serviços do consultor para conquistar o vizinho e o resultado obtido acaba sendo além do esperado.”

Esse sim é bom! Acho que entrou pra minha lista de favoritos! Dei risada o filme todo! E, por favor, não faça como eu, e não assista com sua mãe! Hahahaha.

 

Até mais!
xx

#criandomeufuturo · Para ler...

Jornada

Há muito tempo atrás eu ouvi a canção “The Climb”, da Miley, e sempre gostei muito da melodia e da letra. Sabe aquela música que sempre foi e sempre vai ser uma das suas favoritas? Então, essa era ela, pra mim. Mas hoje ela me tocou de um jeito especial. Hoje, eu enxerguei o valor que ela tinha. Hoje, eu percebi que o caminho é mais importante que o destino. Definitivamente.

Nos últimos tempos, eu venho melhorando meu jeito de viver. Seja lendo mais livros (tanto que já finalizei 14 livros, só nesse semestre) ou, simplesmente, trocando um chá gelado com açúcar por um sem. Todas essas mudanças tem me fortalecido. E, é sobre isso que eu vim falar com você: sua jornada.

Não é que o resultado final não importa. Ele importa sim! Os seus sonhos são MUITO importantes! Mas o que mais importa é o que você vai fazer pra tornar eles realidade. É como você vai se preparar, e o quanto vai crescer nesse processo.

E, hoje, eu vim te falar que esse processo é maravilhoso, que o seu presente importa (porque é tudo o que você tem, já que o passado já passou, e o futuro ainda vai chegar). Vim aqui pra te falar que vale a pena se dedicar a ser melhor como pessoa, e que, se você fizer isso direito, vai poder mudar muitas vidas.

Faça um favor a você mesmo e não desperdice o seu dom. Caiu? Levanta. Tomou um não? Se acostuma, porque não vai ser o primeiro, nem o último. Veja o que é importante pra você e corra atrás do que você quer. Faça o que você sabe fazer melhor, invista dinheiro, inicie um negócio próprio, dance, viaje! Faça alguma coisa! Sua jornada é você quem faz, então escolha bem seu futuro, ou seja, seu “hoje” de amanhã. Ele depende das suas escolhas.  Então, se fortaleça e faça da sua a melhor jornada…

Não é sobre o quão rápido eu chego lá
Não é sobre o que está esperando do outro lado
É a escalada…

Minha experiência

Como estou me preparando para 2017

gold-happy-happy-new-year-new-favim-com-4970353Oi, gente, tudo bom?

Eu não sei vocês, mas sempre que começa um ano eu gosto de pensar sobre a minha vida e o que eu quero pro ano que começa. Então eu fiz uma lista de como eu estou me preparando para 2017. Bora ver?

  • Roda da vida
    A Roda da Vida é uma ferramenta muito usada por profissionais de Coaching, que ajuda o indivíduo a visualizar melhor a vida dele, ou seja, o que está bom e o que precisa melhorar. Bom, ela é um gráfico, e cada divisão representa uma área da sua vida. A sua parte nessa história é dar uma nota para cada área (mas tem que ser bem sincero nessa parte, para que você possa, realmente enxergar e “diagnosticar” sua vida).
    Acho essa ferramenta muito interessante, principalmente nesse início de ano, que nada mais é que um ciclo novo começando. A partir do resultado você já pode se planejar melhor e ver o que você quer pra sua vida, esse ano. Achei mais detalhes sobre ela aqui. Não é incrível?
  • Lista da gratidão
    Bom, essa é uma invenção minha mesmo rs. Mas tenho percebido uma melhora no jeito que eu estou vendo o mundo agora, e também me fez ficar mais feliz. E, além disso, a lista atingiu o objetivo, ou seja, fez eu me sentir mais grata :)
    Então, para vocês começarem um ano bem positivo, eu super recomendo essa lista como exercício ;)
  • Planejamento e trabalho duro
    Eu amo planejamento, então imprimi uns planners diários, semanais e anual, para ajudar a me organizar melhor.
    Uma dica que o Gabriel Goffi dá é a de eleger suas 3 tarefas principais para o próximo dia, e também já separar a roupa que você vai usar. Isso ajuda bastante a manter o foco e também  a não perder o tempo precioso do seu dia com assuntos não tão importantes.
    Outra dica legal é o aplicativo Coach.me (um app que eu falei nesse vídeo aqui), e também um app que já vem no iPhone para fazer To-Do List, que é bem simples de usar.
    Ah, e não adianta só se planejar, tem que realizar também. “Dreams don’t work unless you do”.
  • Acordando cedo
    Eu sempre gostei de acordar cedo, porque meu cérebro funciona beem melhor de manhã. Mas, mesmo pra quem não gosta, é importante porque você consegue aproveitar melhor o seu dia e fazer tudo o que precisa ser feito ;)
  • Confiando em mim mesma
    Há alguns meses eu tomei a decisão de começar um projeto novo, e me juntei a uns empresários para isso. Como eu disse nesse texto, eu fecho negócios, e isso não é um cargo CLT com benefícios. Eu trabalho pra mim, em parceria com uma marca, não tenho renda fixa, e lidero um time, que está crescendo um pouco mais a cada dia que passa. E, embora isso me assuste às vezes, eu continuo acreditando e confiando em mim, porque eu sei que eu posso evoluir muito com esse desafio.
  • Tomando conta do meu dinheiro
    Eu sempre cuidei até que bem do meu dinheiro, desde pequena, mas ganhei uma visão melhor de como fazer isso com os livros “Pai Rico Pai Pobre” e “Os Segredos da Mente Milionária”, que me ensinaram a sempre poupar 20% da minha renda, que ricos só são ricos porque compram ativos e não passivos, e que eles sabem esperar o momento certo para comprar o que querem. Isso vem me ajudado bastante (a fatura paga do meu cartão de crédito que sabe bem disso rs).
    Ah, também, existem apps que me ajudam a controlar meu dinheiro, como o CoinKeeper e o Guia Bolso, que podem facilitar sua vida também ;)
  • Me cercando de gente boa
    Eu acredito que somos o fruto do ambiente em que vivemos. Embora tenhamos sim o poder da escolha, de não reproduzir o padrão de comportamento ou determinadas atitudes, eu acredito que você é influenciado pelo ambiente e pelas pessoas que te cercam. Quem nunca ficou perto de uma pessoa que só reclama, e, embora você discorde dela, você também ficou negativo? Então… “Você é a média das 5 pessoas que mais convive.”

E é isso! Aproveite para se organizar e fazer desse ano o melhor da sua vida até agora!
2017 vai ser foda!
Até mais, criançada!
Beijos!